Edital de abertura de concurso para Delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Sul é publicado

Um dos concursos aguardados para este ano pelos concurseiros, finalmente teve o seu edital publicado. Na manhã da última quinta-feira (22), o Diário Oficial do Estado publicou o Edital nº 08/2018 de abertura de concurso público de ingresso na carreira de Delegado de Polícia. O referido edital visa o provimento de 100 vagas.


A ser realizada em duas etapas, a primeira consiste na aplicação provas de capacitação intelectual, com prova escrita objetiva, prova escrita discursiva, prova oral e prova de títulos. Na sequencia, o certamente segue com a prova de capacitação física, sindicância da vida pregressa e atual, além dos exames de saúde e avaliação da aptidão psicológica. Esta etapa destina-se à admissão para matrícula no Curso de Formação Profissional, o equivalente à segunda etapa do certame, o qual é ministrado pela Academia de Polícia Civil (Acadepol).


Com salário inicial está no valor de R$ 20.353,06 (vinte mil, trezentos e cinquenta e três reais com seis centavos), para este concurso, ficará a cargo da empresa Fundatec, que será a banca responsável pela prova escrita objetiva, a prova escrita discursiva e a avaliação da aptidão psicológica. As demais fases ficam a cargo da Acadepol, através da Divisão de Recrutamento e Seleção (DRS/Acadepol). O período de inscrições para a prova inicia no próximo dia 26 de fevereiro, se estendendo até o dia a 27 de março. A data de aplicação da prova de capacitação intelectual será realizada no dia 20 de maio, com local a ser definido nos próximos dias. O edital também prevê a reserva de vagas para pessoas com deficiências e para pessoas negras ou pardas. A deficiência deve ser compatível com a atividade policial, o que será avaliado por uma Comissão Especial.


Diferente de outros concursos para Delegado de Polícia Civil, para este, ocorrerão algumas inovações no certame em comparação aos concursos anteriores, as quais visam acompanhar os demais concursos para as carreiras policiais, além de buscar um perfil vocacionado, técnico e especializado. Foram acrescentadas provas de medicina legal e criminologia. Nos exames de saúde foi incluído o exame toxicológico. Outra novidade acontece na etapa dos exames físicos no que tange ao teste do dinamômetro, o qual foi substituído pelo exame de barra fixa, conforme a doutrina de concursos de várias academias de polícia civis do país. Por fim, para preencher os requisitos de investidura, o candidato deverá ter no mínimo de três anos de atividade jurídica ou policial.


Visando a melhor preparação dos nossos alunos, o IDC FAMERCO, que desde 2012 realiza o curso preparatório para o concurso de delegado de polícia, onde mais de 1200 alunos já passaram pelo curso que está na sua 25ª edição, onde está prevista para os próximos dias a abertura de mais uma turma nas modalidades presencial e EAD, visando à preparação para o certame. 


Para acessar o edital clique aqui


Veja Outras Notícias

Mais Notícias